Por quanto tempo eu deveria acreditar
Na ilusão,
Não perco tempo em vão

Você passa olkha pra mim
mas, não me vê na sua frente
Estou aqui cadê você

Por quantas vezes resisto a te procurar
Tantas maneiras de tentar te agradar

Mas você foge da real
Um mal estar normal
Porque não olha no espelho e vê
O seu próprio medo (2x)

Na caminhada quase sem sorte
Você e eu a nossa vida é um teorema (2x)

Por quanto tempo resisto a te procurar
Tantas maneiras de tentar te agradar

Mas você foge da real
Um mal estar normal
Porque não olha no espelho e vê
O seu próprio medo (2x)

Na caminhada quase sem sorte
Você e eu a nossa vida é um teorema (2x)
publicidade
publicidade