foto

Realidade Paralela

3030

Dia, clareou meu rosto
Não sei se eu estou pronto pra me levantar
Dose quero outra dose
De uma vida leve
Pra me despertar
Mais eu nem lembro como ir atrás
Como deixar como prever
Não sei se aguento olhar pra trás
E lembra de te esquecer

Quem dera ver você passar por mim
E quando te encontrar cantar assim
Quem dera, ver você passar

Quem me dera olhar pra ela
Que não espera nada de mim
Só vive e me deixa viver
Quem me dera, numa realidade paralela
Dizer tudo que eu tenho pra dizer

Quem me dera te ter na minha casa
Vem mudar minha vida que está sem graça
Meu passado não nega
E nem disfarça, e você sabe que tudo é passageiro
Mas na minha rua só você passa

Sei que a vida às vezes não da conta do recado
Vira e mexe tudo dá errado
Mas com você, nem é tão complicado
Melhor esquecer do que carregar esse fardo
Te tentando ver por outro lado
Aprendi com os erros do passado

Mas eu nem lembro como ir atrás
Como deixar, como prever
Não sei se aguento olhar pra trás
E lembra de te esquecer

Quem dera ver você passar por mim
E quando te encontrar cantar assim
Quem dera ver você passar

Anoiteceu, mas eu não perdi a fé
Pergunta o que aconteceu, ainda tô de pé
Não importa o que cê disser
Isso é tipo um recomeço
Faço planos, mas se a vida manda logo eu obedeço
Quero ficar onde eu pertenço
Vocês querem falar mal porque não sabem nem um terço
Nunca conto pra ninguém o que eu pretendo
Porque não tem ninguém aqui quando eu perco
Mas todos ligam quando eu venço
Eu já caí, me levantei
Já nem me lembro aonde fomos
Conheci anjos e demônios
Inferno e Paraíso, estive em ambos
Mas vejo o dia clareando
Anseios por vencer meus receios, tô caminhando
Quem me dera que fosse fácil, quem me dera
Família no quintal ali, vivendo a nova era
Folhas pelo chão, tipo primavera
Essa é minha visão do céu na terra
Quem tem que fazer escolhas sempre erra
E quem quer viver de paz, tem que aprender a viver na guerra

Eu aprendi
publicidade
publicidade