fotos de 3030

3030

Rap

Kushnéma

3030

Lk:
Um brinde pra vitória dos neguin, e pro lugar de onde eu vim
O que eu fiz só Deus sabe, que se foda os imbecis
Me diz que que falta que eu vou lá buscar pra mim, pros irmãos
Tamo junto até o fim, no meu corre eu sou aprendiz
De maluco vou chegar onde eu sempre quis
Foco na missão, nós escapa por um triz
Vagabundo nato não nasce pra ser infeliz
Pelo menos meu rap não contradiz, que se foda

Refrão Lk:
Acende o kush néma, deixa os buxa lafar
Traz daquele põe no bong que nós puxa néma
Traz whisky pro meu bonde, vodka e xexiha
Hoje é dia, mais um drink, eta, vixi néma

Pra tapis, pros maluco do showbiz
E pros que me apunhalaram e nem deixaram cicatriz

Acende o kush néma, deixa os buxa lafar
Traz daquele põe no bong que nós puxa néma
Traz whisky pro meu bonde, vodka e xexiha
Hoje é dia, mais um drink, eta, vixi néma

Rod:
Tem quem nasça pra vitória, nós nascemos pra luta
Tamo portando, que se foda, acende aquele pros buxas
Se eu vencer é consequência, o limite é a causa
A razão é o corpo, emoção é a alma
Vários kilo na sala, mais whisky no copo
Nadei contra a maré, hoje eu subo no pódio
Os cuzões vem de ódio, foda-se, engole o choro
É a comemoração dos que tem sangue no olho
Com o do verde no bolso, sentia o cheiro da glória
Hoje eu sinto seu gosto, antes eu via o desgosto
Agora quebro os padrões, nunca visei o oposto
Vou chegar no meu posto e não me importa o esforço
Isso é fruto da união, pra todos os meus irmãos
Pra quem não acreditou, viramos o jogo, vacilão
Eu tenho o jogo na minha mão
E deixa os pelas falar que é conspiração, que se foda

Refrão Lk:
Acende o kush néma, deixa os buxa lafar
Traz daquele põe no bong que nós puxa néma
Traz whisky pro meu bonde, vodka e xexiha
Hoje é dia, mais um drink, eta, vixi néma

Pra tapis, pros maluco do showbiz
E pros que me apunhalaram e não deixaram cicatriz
Que se foda acende

Lk:
Taca fogo em mais um, aperta um
Pra destilar meu ódio vou acender mais um
Aperta um do green

Pros relíquia do bonde, pros maluco do bonde
Pros hipócrita escrotos, pros mever que se esconde
Atrás de legislação, comédia corrupção, que se foda
Aperta um do green

O jogo é sujo, corrompem confundem princípios
conseqüência da farsa, trapaça, laranjas políticos
seus vícios quem rotula?
moralismo, capitalismo, comodismo
fraudados do início, antagonismo
meu brinde vai pra vitória, que ainda inexistente
se estende na glória de quem ao menos um pouco me entende.
se vende tu compra, se atiram tu morre,
se falha tu tomba, dos olhos escorrem
lágrimas. NÃO ACEITA, indaga? Liberdade






Album: Quinta Dimensão (2012)
Gravadora: Luan LK
Ano: 2012
Faixa: 10
  • publicidade