fotos de 3030

3030

Rap

Explica (Rodrigo Cartier)

3030

Slow motion, slow motion
Paro o tempo pra te ver dançar

Mexe, para, desce, agora explica
Porque não há uma que possa com tu
Explica, fala no ouvido o que eu faço pra tu

Então vai gata, deita aqui, senta assim
Tira a lingerie, vai diz que é só pra mim
Só pra, que tu mexe assim

Vai gata, deita aqui, senta assim
Tira a lingerie, vai diz que é só pra, só pra
Só pra mim, vai

Baby, tú quieres vir a ser my girlfriend
Isso que faz tão bem, me deixa tão bem
Tu tá me acostumando mal, vem
Duvido que tu viva sem mim
Abuso, mas penso em ti
Pois nenhuma delas tem teu sex appeal
Beijo outras bocas mas penso em
Não tira a minha paz, tira a roupa, vai
Teu corpo no meu corpo em slow motion vai
Duvido que tu viva sem

Slow motion, slow motion
Porque não há uma que possa como tu
Explica

Porque você age, como se essas ruas fossem suas
Eu tive que ser ágil, ela não é fácil
Com aquelas curvas (Explica)
Dizem que a mulher é frágil
Você provou para eles o contrário
Olha só o que eu faço com você do meu lado

É sem explicação, coisas que é difícil de explicar são
Tranquilão, a calma dessa mina é minha meditação
Em câmera lenta ela passa na frente
Parando o baile, não tem concorrente
Me explica, como é que fica
Ela chega, ela mexe, e o tempo para
Vagabundo nem respira
Tamo' junto e ela me inspira
Dorme aqui mais três dias
Com minha blusa das três listras
Tira a blusa mais seis dias, mais três filhos
Mais seis dígitos na conta, não que seja preciso

Então ai gata, deita aqui, senta assim
Tira a lingerie, vai diz que é só pra mim
Só pra... que tu mexe assim

Vai gata, deita aqui, senta assim
Tira a lingerie, vai diz que é só pra, só pra
Só pra mim, vai

Baby diz o que é que eu faço
Pra você ser só minha, mais de ninguém
Todas mina que passaram na minha vida
Tu faz parecer tão pouco, tão menor
Em tão pouco o tempo e todo o tempo é pouco
Do seu lado eu vou do inferno ao paraíso
E quando você tá pelada eu fico: o quê
Tudo teu é melhor

Eu quero paz, que cê não tem
Cê quer minha atenção, eu não tenho
Então deixa fluir, tive um dejavu
São só peças pra se encontrar

Me diz, o que é que você tem
Que me tira do sério
E confude a minha cabeça
Me diz, porque você faz tão bem
Como se eu nem fizesse
Mais parte do mesmo planeta

Então vai gata, deita aqui
Vai diz que é só pra mim
Vai gata, deita aqui
Vai diz que é só pra, só pra
Só pra mim, vai
  • publicidade