fotos de 3030

3030

Rap

Chuva Chove

3030

A chuva chove, eu sinto ela, me sinto vivo
Me sinto dentro de tudo que eu sinto que eu preciso
Sinto, me sinto rindo, me sinto sendo
Sinto bem visto, bem quindo, bem visto eu sigo sendo
Me sinto angustiado por dentro, me sinto vivendo
Me sinto vendo um forte tempo, eu sinto o vento
No rosto, me sinto disposto a sentir o gosto
Da sina tensa que eu sigo vendo eu sigo exposto
Eu sigo lendo, sigo com os amigos e sigo sempre
Aprendendo com quem acredito e me sinto leve
Isso é uma prece, o meu destino, eu vou seguindo
E vejo um tempo limpido, vejo um tempo lindo
Então, sente a chuva na sua pele
Me sinto com o coração vivo nesse mundo de neve
Frio, me sinto vindo, me sinto febre
Quente, eu sinto a chuva, e ela adverte a gente
O mundo se vinga se o a gente o fere
E a natureza hoje chora com essa chuva linda
Me sinto fora de órbita, me sinto no clima
Me sinto só, me sinto amor, também me sinto orgia
Não sinto dó, sinto dor, sinto alegria
Eu sinto a chuva, e tudo que ela irradia
As vezes sinto que eu me privo, fujo disso
AS vezes fujo de compromisso eu sinto muito
As vezes sinto que eu me privo, fujo disso
AS vezes fujo de compromisso eu sinto muito
As vezes, meu esconderijo é o fim do mundo
As vezes eu sou fugitivo do meu próprio mundo
A chuva chove a chuva chega e molha o chão
A chuva geia e traz pra gente purificação
Cheguei, quero encharcar meu coração
Enche de chuva, enxuga e leva minha chateação
A chuva chove a chuva chega e molha o chão
A chuva, traz pra gente purificação
Cheguei, quero encharcar meu coração
Enche de chuva, enxuga e leva minha chateação
Enche de chuva, leva a enchente da chateação
Enche de chuva, enxuga e leva minha chateação
Pela janela a chuva chove na cidade
Como uma tempestade que me
Impede de alcançar novos mares
Agita os mares, agita os lares da cidade
Me encho de feliciade pois sei que o sol voltará
Como Antares, após cada dia um novo sol no céu
Já não me importa a mudança de tempo
Olha pra cima e hoje a agua cai do céu
Aceito essa chuva como uma benção
Então chora, chuva
E abençoa o novo e o antigo, todos meus inimigos
Que se lavem, nessa agua pura
Me cura, lava todos os sentimentos, de raivas
E pensamentos, magoas que me atordoam
E se o tempo fechar, e a tempestade apertar
Prometo que vou aceitar, numa boa
Então peço pra me molhar, que não caia devagar
E que molhe o meu amor também
Hoje não tem tempo ruim, meu destino é festejar..
Enquanto o sol não vem
A chuva chove a chuva chega e molha o chão
A chuva geia e traz pra gente purificação
Cheguei, quero encharcar meu coração
Enche de chuva, enxuga e leva minha chateação
A chuva chove a chuva chega e molha o chão
A chuva, traz pra gente purificação
Cheguei, quero encharcar meu coração
Enche de chuva, enxuga e leva minha chateação

  • publicidade