buscar

Zezé Di Camargo e Luciano

estilos: Sertanejo, Romântico

Nada É Igual (I Can See Clearly Now)

Um dia eu quis seguir a luz do sol
No horizonte estava o que eu sonhei
No céu estrelas eram um sinal

O farol no mar, (no mar) no mar
E eu naveguei
O farol no mar, (No mar) no mar
E eu naveguei

Quis descobrir em mim o que eu não sou
Perdi o chão e não lhe encontrei
Quis ser espinhos machucando a flor
Fiquei mal, mal e me machuquei

Em todo lugar o medo me assusta
Eu não encherguei a minha loucura

No instinto eu não ouvi meu coração
E abri mão de tudo o que eu amei
O sol se põe deixando a escuridão

Mas nada é igual, (igual) igual
Ao que eu deixei
Mas nada é igual, (igual) igual
Ao que eu deixei

Não, não nada é igual, (igual) igual
Ao que eu deixei
Mas nada é igual, (igual) igual
Ao que eu deixei...
publicidade
versão clássica © 2014
Zezé Di Camargo e LucianoNada É Igual (I Can See Clearly Now)

Você deseja o áudio ou vídeo da música?

áudiovídeo
Terra Mobile