buscar

Tatau, do Araketu, sobre carnaval: "é mais indústria"

, 14h40, por Alexandre Murari
Divulgação

Conhecido por liderar o grupo de axé Araketu, recentemente, o cantor Tatau cedeu uma entrevista à revista "Pôster Alvo dos Famosos" e revelou que, hoje em dia, o Carnaval é uma indústria feita apenas para gerar lucros, que fica cada vez mais difícil para os segmentos mais tradicionais da festa.

→ Após oito anos, Paralamas lança canção inédita; ouça

"Descrever o Carnaval de hoje é simples. Hoje o Carnaval é mais indústria. Um Carnaval que você percebe, claramente, que existe um grande espaço para os camarotes. A maioria dos blocos tem dificuldade para colocar seu bloco na avenida.", cravou o cantor.

→ Victor e Leo fora do 'The Voice Kids'; veja quem substitui a dupla

Para o artista, que também é compositor e tem músicas nas vozes de nomes como Simone e Simaria e Sorriso Marroto, o futuro do carnaval popular está no projeto pipoca, lugares onde a folia acontece de graça para o público.

"Acho que o caminho, no futuro próximo, é esse da pipoca. O Carnaval se reinventa a cada ano. Mas, claramente, é um carnaval completamente industrializado, que já era há muitos anos atrás, mas tínhamos ainda outras situações. Hoje o Carnaval está bastante nesse formato".

Comentários

versão clássica © 2014
Terra Mobile