buscar

Em evento do FIT, Edinho Araújo sobre o festival: "é uma tradição"

, 14h51, por Alexandre Murari
Foto: Roberto De Marchi

É oficial! Após anos longe da parceria com o Sesc, o Festival Internacional de Teatro, o FIT, realizado pela Secretaria da Cultura de São José do Rio Preto, retorna aos palcos do Serviço Social do Comércio. O prefeito Edinho Araújo e o secretário da cultura Pedro Ganga estiveram nesta terça-feira, 13, na cerimônia de abertura, no Teatro do Sesc.

→ Marília Mendonça sobre crítica de Elba: "quem quer é o público"

A grade de programação do evento deste ano contará com 23 espetáculos internacionais e nacionais, somando um total de 50 apresentações em mais de 10 pontos diferentes da cidade. O evento começa no dia 6 de julho e rodará a cidade até o dia 15 do mesmo mês.

Contando com companhias cênicas de quatro países e de todos os cantos do Brasil, os palcos do FIT receberão mais de 115 atores, o que enfatiza a diversidade das produções. Para o secretario da cultura Pedro Ganga, essa diversidade é espelhada na riqueza cultural dos moradores da região do Noroeste Paulista.

→ Elba Ramalho dispara contra folias de São João: "não é festa do peão"

Foto: Roberto De MarchiPedro Ganga, Secretario da Cultura de São José do Rio Preto

"Os amantes das Artes Cênicas de toda a região vêm desfrutar da programação. Rio Preto é uma cidade frequentada pela região inteira, isso é bom para todo mundo, para o público em geral, para a economia da cidade e para a própria cidade", afirma o secretario.

Pedro também atenta para a grandeza do evento, que agora pretende retomar o crescimento. A volta do Sesc como um dos realizadores é um bom exemplo disso: "A gente está hoje resgatando aquele FIT que sempre foi grande. Mesmo com menos recursos do que esperado, com a volta do Sesc e com a dedicação da equipe da secretaria de cultura, o FIT irá crescer cada vez mais".

O prefeito Edinho Araújo também volta a atenção para a história do FIT, que acontece há quase 50 anos.  "O FIT é uma tradição. Primeiro que começa com o festival nacional, em 1969, com o Doutor Humberto Sinibaldi Neto, e agora estamos retomando."

Foto: Roberto De MarchiPrefeito Edinho Araújo discursa em abertura do FIT

Edinho crava que a experiência anterior estabelecida com o Sesc em outras edições do FIT é o que torna a edição deste ano mais sólida: "É a somatória de esforços, o Sesc com a experiência que tem e a prefeitura com toda a sua estrutura, a secretaria [da cultura] com o Ganga e toda a sua equipe."

O gerente do Sesc Rio Preto e coordenador geral do fit, Sebastião Martins, conta que o evento estabelece na cidade uma relação de inovação, além de pontuar que a realização do festival só acontece devido ao trabalho de muita gente envolvida:

Foto: Roberto De MarchiSebastião Martins

"Mobiliza a atenção das pessoas. É nesta atenção que o festival encontra a sua maior comunhão com a cidade, onde o símbolico, o estimulo ao novo olhar toma corpo [...]. O FIT não é feito por coordenadores ou comissão de organizadores, ele só acontece graças ao envolvimento de dezenas de pessoas."

Vale destacar que o Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto, o Teatro e o Ginásio do Sesc, o Teatro Municipal Paulo Moura, o Teatro do Sesi e o Auditório da Swift no Parque da Represa também receberão peças, além dos outros pontos espalhados pela cidade. Mais informações sobre o que irá rolar na programação do Festival Internacional de Teatro de 2017 pelos sites: fitriopreto.com.br, riopreto.sp.gov e sescsp.org.br.

Comentários

versão clássica © 2014
Terra Mobile